Arquivo | cerveja RSS feed for this section

AC/DC lança cerveja em barril de 5 litros no Brasil

25 mar

ACDC

Lançada no Brasil em agosto do ano passado em latas de alumínio, a cerveja da banda de heavy metal AC/DC agora terá uma versão em barril de 5 litros.

A bebida, produzida pela cervejaria alemã Karlsberg, terá edição limitada no Brasil: apenas 300 unidades. Os barris serão vendidos na loja oficial da banda no Brasil (AC/DC Brasil Store).

Fonte: Embalagem Marca

Brasileiro lança guia de cervejas artesanais brasileiras baseado na cor

20 mar

Com 202 rótulos de 44 cervejarias nacionais, Beertone Brasil será vendido por R$ 49. Criador do guia, Alexander Michelbach já fez a edição da Suíça, onde mora, e trabalha na da Alemanha.

 

9is383sl04exmgiyzungw07es

 

Escolher a próxima cerveja como você escolhe a cor da parede do seu quarto ou da sala. Com 202 rótulos de 44 cervejarias nacionais, o Beertone Brasil, guia baseado nas cores das bebidas, chegou ao País neste mês, após uma bem-sucedida primeira edição na Suíça, lançada em abril do ano passado.

Apesar do primeiro guia contemplar 202 cervejas suíças, o criador do Beertone não é de lá. Nascido em São Paulo, mas atualmente em St. Gallen a trabalho, Alexander Michelbach, de 35 anos, diz que escolheu se dedicar às loiras do país europeu por conta do fácil acesso.

 

CERVEJA NO TRABALHO ORIGINOU A IDEIA

O diretor de arte trabalhava em alguns “projetos com prazos estourados” quando resolveu pegar uma cerveja na geladeira da agência. Foi assim que ele teve a ideia. “Pensei se isso existia, procurei e vi que não existia um guia de cervejas ordenado pela cor. Achei que seria interessante, montei um esboço de como eu imaginava, fiz umas montagens e mandei para amigos e para o meu irmão. Perguntei se eles achavam viável ou se era uma loucura que a gente nunca conseguiria fazer. Eles gostaram, começamos a planejar no dia seguinte.”

Michelbach, que se mudou para a terra de Roger Federer em 2008, conta que no início tudo não passava de um protótipo e que ele, na companhia de um amigo chamado para ajudar, lançou, em novembro de 2012, um site “só com duas páginas, contando um pouco da história”. A reviravolta, de acordo com o diretor de arte, veio quando blogs dos EUA, lar de uma já considerada grande escola cervejeira, tomaram conhecimento do trabalho.

“Alguns blogs acharam e começaram a publicar. Começou um ‘eu quero, eu quero, eu quero’, então montamos um sistema de pré-venda para financiar projetos, esquema Kickstarter (conhecido site de financiamento coletivo), e como toda produção foi feita na Suíça, os custos são razoavelmente altos. Os EUA são o país para quem a gente mais vende”, afirma.

Depois da experiência suíça, era a vez das cervejas artesanais do país natal. “Eu queria fazer do Brasil desde o começo, mas a distância era uma dificuldade. Quando eu vim para cá em dezembro [de 2013], eu já tinha iniciado os convites para as cervejarias, apresentando o projeto e se eles tinham interesse. Todas responderam no prazo de duas semanas, ninguém falou ‘não’”, diz o diretor. Marcas como Colorado, Wäls, 2Cabeças, Dama Bier, Dortmund e outras estão no guia.

Cada “página” traz um rótulo, a cervejaria responsável, sua cor de acordo com as escalas SRM (Standard Reference Method) e EBC (European Brewer’s Convention), o IBU (índice que mede o amargor da cerveja) e QR-Codes que dão acesso à plataforma mobile do projeto.

Além dos eventos de lançamento em quatro cidades – São Paulo, Santo André, Blumenau e Rio–, Michelback espera comercializar o Beertone Brasil em livrarias. “É um dos nossos principais pontos de venda na Suíça”, explica. Cada guia custará R$ 49, mas uma edição especial acompanhada de uma garrafa de alumínio está sendo trabalhada, ainda sem preço definido. O número de rótulos – 202 – não é superstição. “Na edição suíça, listamos 201 cervejas, mas no último momento apareceu uma. Aí ficaram 202. Notamos que se aumentar muito, vai ficar tão grosso que dificulta o manuseio, esse é o tamanho ideal para não ficar muito grande.”

Este slideshow necessita de JavaScript.

Marcas de bebidas abrem bares próprios no Brasil

19 mar
size_590_heine

Um balcão para chamar de seu

De olho no alto número de bebuns mercado de bebidas no país, sempre em alta fermentação, várias marcas tiveram a iniciativa de abrir bares próprios no Brasil recentemente, entre cervejas, licores e destilados.

A mais recente da lista é a cerveja escocesa Brew Dog, cultuada entre fãs de rótulos artesanais, que abriu um bar em São Paulo no começo deste ano. Independente do tipo do espaço, as marcas parecem concordar que a estratégia de divulgar seus produtos diretamente para consumidores é uma boa forma de promover seus drinques.

Confira as marcas que adotaram a iniciativa:

size_590_brew

BrewDog

Em janeiro, a cervejaria escocesa Brew Dog inaugurou em São Paulo seu primeiro bar fora da Europa. Cultuada entre entendidos, o rótulo aproveita o bom momento das cervejas artesanais no Brasil e estende seu slogan (uma “cerveja para punks”) à ex-oficina mecânica que escolheu como sede em Pinheiros, zona oeste da capital. O Brasil é um dos cinco países para o qual a marca é mais exportada, segundo a empresa.

 

size_590_Delirium_Cafe_em_Ipanema

Delirium

Mais um rótulo artesanal a abrir um bar próprio é a belga Delirium. A marca anunciou a chegada de um Delirium Café em São Paulo ainda no primeiro semestre de 2014. O mercado brasileiro já mostrou sua força ao produto premium, que inaugurou sua primeira unidade na América Latina no Rio de Janeiro, em 2010.

 

size_590_Espaco_Absolut_Inn

Absolut

O primeiro bar fixo da marca Absolut no mundo foi aberto em São Paulo e recebeu o nome de Absolut Inn. O espaço funcionou por três meses em 2012, em conceito pop-up, e renasceu em 2013 com endereço definitivo no bairro de Pinheiros. A iniciativa reune galeria de arte, livraria, club, bar e restaurante. “Com o projeto conseguimos proporcionar uma experiência criativa e de interação única entre o consumidor brasileiro e a marca. O projeto bem sucedido colocou o Brasil em uma posição de destaque”, comenta Rafael Souza, gerente do grupo de bebidas premium da fabricante Pernod Ricard Brasil.

 

size_590_Bar_Karavelle_em_Sao_Paulo

Karavelle

Inaugurado em outubro de 2013 em São Paulo, o bar da cerveja artesanal brasileira Karavelle produz no local sua própria bebida, o que o faz entrar na categoria “brewpub”. Distribuída no varejo no sul e sudeste, a marca fabrica seis variedades de bebidas, que também são oferecidas no bar próprio. Segundo a marca, a ideia é que o espaço seja também um laboratório para criar novos sabores.

 

size_590_Embaixada_da_Amarula_em_Sao_Paulo

Amarula

No inverno de 2012, a marca de licor criou pequenos bares que serviam drinks quentes, além dos tradicionais, em shoppings da cidade de São Paulo. Em 2013, foi a vez do nascimento do espaço Lounge Amarula, no bar Noh, em São Paulo. Com 80 metros quadrados, ele oferece opções de drinks à base de Amarula, coquetéis e sobremesas alcoólicas, como um sorvete feito da bebida.

 

size_590_Embaixada_Ketel_One_no_Rio_de_Janeiro

Ketel One

A vodka holandesa tem oito embaixadas pelo país. A meta da iniciativa é estimular a criação de bares especializados em drinques de acordo com a marca: “A cultura da coquetelaria vem ganhando força no Brasil, e temos um caminho de muitas oportunidades. O aquecimento econômico faz com que o brasileiro refine seu paladar, buscando novas experiências gastronômicas”, explica João Paulo Leopardo, gerente-geral da unidade de luxo da fabricante Diageo.

 

size_590_Embaixada_Aperol_em_Sao_Paulo

Aperol

A marca do grupo Campari ficou famosa no verão europeu com o drink Aperol Spritz (feito também com espumante e água com gás) e investiu pesado na divulgação no Brasil em 2013. Uma das estratégias foi a abertura de embaixadas em várias cidades do país. “A ideia do projeto surgiu a partir de queixas dos consumidores que alegavam não encontrar aqui no Brasil a bebida preparada da mesma forma que conheceram na Europa”, afirma Julka Villa, diretora de marketing da Campari do Brasil.

 

size_590_Tanqueray_House_of_Gin_no_Bar_Ponto_Sao_Paulo

Tanqueray

O marca inglesa de gin Tanqueray, da fabricante Diageo, lançou em janeiro uma House of Gin em São Paulo. A embaixada da marca oferece drinques e produtos criados a partir da bebida. O objetivo do espaço é atrair consumidores brasileiros ao hábito de incluir gim tônica, dry martini e o negroni em seus happy hours, diz a marca.

E ai, em qual deles deu vontade de ir?

Fonte: revista Exame

Eisenbahn apresenta sua nova cerveja, a Frosty Bison

13 mar

eisenbahn-ipa

A Eisenbahn apresentou ao mercado sua nova cerveja, a Frosty Bison. A novidade foi desenvolvida por Fabert Araújo e André Canuto e escolhida para iniciar produção durante o 4º Concurso Mestre Cervejeiro. Trata-se da primeira bebida no estilo American India Pale Ale lançada pela marca. A apresentação ocorreu no bar da fábrica, localizada em Blumenau.

A Eisenbahn “Frosty Bison” American IPA poderá ser encontrada a partir da primeira quinzena de abril, em edição limitada, nas regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste. Ela será produzida na fábrica da Eisenbahn de Blumenau e estará disponível em garrafas de 500 ml.

Seguindo o costume de batizar suas cervejas fazendo referência a animais e elementos da natureza, Fabert Araújo e André Canuto optaram chamar sua American IPA de “Frosty Bison”. O nome simboliza refrescância (“frosty” = gelado) e a força de seu lúpulo (“Bison” = bisão, animal de origem norte-americana). Nasceu assim, a Eisenbahn Frosty Bison.

As cervejas do estilo American India Pale Ale têm coloração acobreada, aroma cítrico e frutado e gosto amargo, proveniente de doses extras de lúpulos americanos. Combina com carnes assadas, hambúrguer, comida mexicana, queijo roquefort, gorgonzola e gouda.

Um copo cheio para apreciadores e colecionadores, a Eisenbahn Frosty Bison tem 6,9% de teor alcoólico e é uma edição limitada, envasada em garrafas de 500 ml.

Fonte: site da Eisenbahn e Mundo do Marketing

Linha de cervejas homenageando “Game of Thrones” ganha novo rótulo

12 mar
Cerveja "Fire and Blood" homenageia personagens da série "Game of Thrones" (HBO)

Cerveja “Fire and Blood” homenageia personagens da série “Game of Thrones” (HBO)

Com a quarta temporada de “Game of Thrones” (exibida pelo canal a cabo HBO) programada para abril, a cervejaria norte-americana Ommegang lançou a nova bebida da linha de cervejas artesanais que homenageia a série.

Depois de retratar a Patrulha do Norte e o famoso Trono de Ferro, o foco da nova bebida são os três dragões da personagem Daenerys Targaryen, intepretada por Emilia Clark. A cerveja Fire & Blood, do tipo red ale, leva pimentas mexicanas em sua composição e tem teor alcoólico de 6.8%. De acordo com os produtores, a bebida tem sabor frutado e tom de vermelho profundo.

A cerveja, disponível em garrafas em 750 ml e sem previsão de exportação para o Brasil, será lançada no final de março nos Estados Unidos com direito a três rótulos diferentes, cada um estampando um dos dragões dos quais Daenerys cuida na série. 

Fonte: Uol

%d blogueiros gostam disto: