Marcas de bebidas abrem bares próprios no Brasil

19 mar
size_590_heine

Um balcão para chamar de seu

De olho no alto número de bebuns mercado de bebidas no país, sempre em alta fermentação, várias marcas tiveram a iniciativa de abrir bares próprios no Brasil recentemente, entre cervejas, licores e destilados.

A mais recente da lista é a cerveja escocesa Brew Dog, cultuada entre fãs de rótulos artesanais, que abriu um bar em São Paulo no começo deste ano. Independente do tipo do espaço, as marcas parecem concordar que a estratégia de divulgar seus produtos diretamente para consumidores é uma boa forma de promover seus drinques.

Confira as marcas que adotaram a iniciativa:

size_590_brew

BrewDog

Em janeiro, a cervejaria escocesa Brew Dog inaugurou em São Paulo seu primeiro bar fora da Europa. Cultuada entre entendidos, o rótulo aproveita o bom momento das cervejas artesanais no Brasil e estende seu slogan (uma “cerveja para punks”) à ex-oficina mecânica que escolheu como sede em Pinheiros, zona oeste da capital. O Brasil é um dos cinco países para o qual a marca é mais exportada, segundo a empresa.

 

size_590_Delirium_Cafe_em_Ipanema

Delirium

Mais um rótulo artesanal a abrir um bar próprio é a belga Delirium. A marca anunciou a chegada de um Delirium Café em São Paulo ainda no primeiro semestre de 2014. O mercado brasileiro já mostrou sua força ao produto premium, que inaugurou sua primeira unidade na América Latina no Rio de Janeiro, em 2010.

 

size_590_Espaco_Absolut_Inn

Absolut

O primeiro bar fixo da marca Absolut no mundo foi aberto em São Paulo e recebeu o nome de Absolut Inn. O espaço funcionou por três meses em 2012, em conceito pop-up, e renasceu em 2013 com endereço definitivo no bairro de Pinheiros. A iniciativa reune galeria de arte, livraria, club, bar e restaurante. “Com o projeto conseguimos proporcionar uma experiência criativa e de interação única entre o consumidor brasileiro e a marca. O projeto bem sucedido colocou o Brasil em uma posição de destaque”, comenta Rafael Souza, gerente do grupo de bebidas premium da fabricante Pernod Ricard Brasil.

 

size_590_Bar_Karavelle_em_Sao_Paulo

Karavelle

Inaugurado em outubro de 2013 em São Paulo, o bar da cerveja artesanal brasileira Karavelle produz no local sua própria bebida, o que o faz entrar na categoria “brewpub”. Distribuída no varejo no sul e sudeste, a marca fabrica seis variedades de bebidas, que também são oferecidas no bar próprio. Segundo a marca, a ideia é que o espaço seja também um laboratório para criar novos sabores.

 

size_590_Embaixada_da_Amarula_em_Sao_Paulo

Amarula

No inverno de 2012, a marca de licor criou pequenos bares que serviam drinks quentes, além dos tradicionais, em shoppings da cidade de São Paulo. Em 2013, foi a vez do nascimento do espaço Lounge Amarula, no bar Noh, em São Paulo. Com 80 metros quadrados, ele oferece opções de drinks à base de Amarula, coquetéis e sobremesas alcoólicas, como um sorvete feito da bebida.

 

size_590_Embaixada_Ketel_One_no_Rio_de_Janeiro

Ketel One

A vodka holandesa tem oito embaixadas pelo país. A meta da iniciativa é estimular a criação de bares especializados em drinques de acordo com a marca: “A cultura da coquetelaria vem ganhando força no Brasil, e temos um caminho de muitas oportunidades. O aquecimento econômico faz com que o brasileiro refine seu paladar, buscando novas experiências gastronômicas”, explica João Paulo Leopardo, gerente-geral da unidade de luxo da fabricante Diageo.

 

size_590_Embaixada_Aperol_em_Sao_Paulo

Aperol

A marca do grupo Campari ficou famosa no verão europeu com o drink Aperol Spritz (feito também com espumante e água com gás) e investiu pesado na divulgação no Brasil em 2013. Uma das estratégias foi a abertura de embaixadas em várias cidades do país. “A ideia do projeto surgiu a partir de queixas dos consumidores que alegavam não encontrar aqui no Brasil a bebida preparada da mesma forma que conheceram na Europa”, afirma Julka Villa, diretora de marketing da Campari do Brasil.

 

size_590_Tanqueray_House_of_Gin_no_Bar_Ponto_Sao_Paulo

Tanqueray

O marca inglesa de gin Tanqueray, da fabricante Diageo, lançou em janeiro uma House of Gin em São Paulo. A embaixada da marca oferece drinques e produtos criados a partir da bebida. O objetivo do espaço é atrair consumidores brasileiros ao hábito de incluir gim tônica, dry martini e o negroni em seus happy hours, diz a marca.

E ai, em qual deles deu vontade de ir?

Fonte: revista Exame

Red Bull cria latinhas da Liga da Justiça

18 mar

redheroes_

Esse é o ano dos Super-Heróis! Com filmes de X-Men, Homem Aranha, Capitão América e até Robocop e Tartarugas Ninja prontos para invadir os cinemas em 2014, até a Academia que premia os melhores da indústria cinematográfica decidiu homenageá-los na  edição do Oscar.

Com essa super inspiração em mente o diretor de arte brasileiro baseado em Nova York, Diego Fonseca, desenvolveu um projeto de design de embalagem baseado nos uniformes dos super-heróis da DC, recriando a Liga da Justiça nas latinhas de Red Bull.

Superman, Batman, Mulher Maravilha, Aquaman, Flash e Lanterna Verde ficaram incríveis em suas versões de alumínio. Uma pena que, por enquanto, essas latinhas são apenas um conceito.

latas-red-bull-super-herois2

latas-red-bull-super-herois3

latas-red-bull-super-herois-batman

latas-red-bull-super-herois-aquaman

latas-red-bull-super-herois-mulher-maravilha-aquaman

latas-red-bull-super-herois-lanterna-verde-flash

Fãs de latinhas e colecionadores (eu) ficam loucos para ter uma dessas na sua prateleira!

Fonte: Comunicadores

Eisenbahn apresenta sua nova cerveja, a Frosty Bison

13 mar

eisenbahn-ipa

A Eisenbahn apresentou ao mercado sua nova cerveja, a Frosty Bison. A novidade foi desenvolvida por Fabert Araújo e André Canuto e escolhida para iniciar produção durante o 4º Concurso Mestre Cervejeiro. Trata-se da primeira bebida no estilo American India Pale Ale lançada pela marca. A apresentação ocorreu no bar da fábrica, localizada em Blumenau.

A Eisenbahn “Frosty Bison” American IPA poderá ser encontrada a partir da primeira quinzena de abril, em edição limitada, nas regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste. Ela será produzida na fábrica da Eisenbahn de Blumenau e estará disponível em garrafas de 500 ml.

Seguindo o costume de batizar suas cervejas fazendo referência a animais e elementos da natureza, Fabert Araújo e André Canuto optaram chamar sua American IPA de “Frosty Bison”. O nome simboliza refrescância (“frosty” = gelado) e a força de seu lúpulo (“Bison” = bisão, animal de origem norte-americana). Nasceu assim, a Eisenbahn Frosty Bison.

As cervejas do estilo American India Pale Ale têm coloração acobreada, aroma cítrico e frutado e gosto amargo, proveniente de doses extras de lúpulos americanos. Combina com carnes assadas, hambúrguer, comida mexicana, queijo roquefort, gorgonzola e gouda.

Um copo cheio para apreciadores e colecionadores, a Eisenbahn Frosty Bison tem 6,9% de teor alcoólico e é uma edição limitada, envasada em garrafas de 500 ml.

Fonte: site da Eisenbahn e Mundo do Marketing

Linha de cervejas homenageando “Game of Thrones” ganha novo rótulo

12 mar
Cerveja "Fire and Blood" homenageia personagens da série "Game of Thrones" (HBO)

Cerveja “Fire and Blood” homenageia personagens da série “Game of Thrones” (HBO)

Com a quarta temporada de “Game of Thrones” (exibida pelo canal a cabo HBO) programada para abril, a cervejaria norte-americana Ommegang lançou a nova bebida da linha de cervejas artesanais que homenageia a série.

Depois de retratar a Patrulha do Norte e o famoso Trono de Ferro, o foco da nova bebida são os três dragões da personagem Daenerys Targaryen, intepretada por Emilia Clark. A cerveja Fire & Blood, do tipo red ale, leva pimentas mexicanas em sua composição e tem teor alcoólico de 6.8%. De acordo com os produtores, a bebida tem sabor frutado e tom de vermelho profundo.

A cerveja, disponível em garrafas em 750 ml e sem previsão de exportação para o Brasil, será lançada no final de março nos Estados Unidos com direito a três rótulos diferentes, cada um estampando um dos dragões dos quais Daenerys cuida na série. 

Fonte: Uol

Copos de Stella Artois viram instrumentos musicais

11 mar

Os cálices de vidro da Stella Artois são preciosos para qualquer amante de cerveja.

E, graças ao escultor e pesquisador do MIT Andy Cavatorta, virou matéria-prima de quatro instrumentos musicais de vidro.

O projeto, chamado The Chalice Symphony, também envolveu a banda Cold War Kids, que deu vida aos instrumentos ao tocar sua nova faixa “A Million Eyes” e, assim, transformar vidro em música.

Cada instrumento – Hive, Pryophone, Star Harp e Violina – também está exposto em uma galeria montada pela marca no Lower East Side de Manhattan.

Para dar um gostinho, além do vídeo e fotos no site do projeto, o próprio escultor Andy Cavatorta registrou todo o processo de criação de cada instrumento em seu blog.

Fonte: revista Exame

%d blogueiros gostam disto: